Nossas ações...

Em busca de um mundo melhor

Terça, 08 Janeiro 2019 01:14

Prêmio Voluntariado 2018

 CAPAOFICIAL

Estão abertas as votações de 07/01 a 26/01 para os indicados ao Prêmio Voluntariado 2018 do estado do Maranhão, o objetivo é reconhecer a atuação de cidadãos, empresas e entidades responsáveis por atividades voluntárias, além de incentivar o engajamento social e a participação dos cidadãos em ações transformadoras para a sociedade.

Público: Voluntários da Ong Solidariedade e Paz, Empresas Parceiras da Ong Solidariedade e Paz, Projetos e instituições sociais do maranhão, além de comunidades carentes do estado onde a Ong atuou.

A Ong Solidariedade e Paz foi criada em 05/01/2014 após atentados a ônibus em são luís e cidades vizinhas, tendo algumas vítimas a Ana Clara que chegou a falecer e o Márcio Ronny sobrevivente com 75% do corpo queimado. Tendo em vista todo o ocorrido o fundador Axel Jhone reuniu um grupo de amigos para ajudar estas famílias, arrecadando donativos e fundos financeiros. Depois do ocorrido o trabalho da ONG não parou tendo hoje mais de 5.000 beneficiados anualmente. Qualquer pessoa poderá votar quantas vezes quiser nas seguintes categorias:

Categorias Ong Solidariedade e Paz

Ação voluntária individual:

Esta categoria visa valorizar as ações que são realizadas por voluntários da ONG Solidariedade e Paz de forma individual, sem que estejam sob coordenação.

Indicados:

Ação de Natal na Escola Maria Augusta, responsável Geandra Rego – Esta ação foi realizada no bairro da Vila Operaria com um público atendido de 80 crianças. “A ideia surgiu quando duas senhoras de onde eu trabalho me procuraram para saber se eu fazia ação social e que os seus filhos estudavam nessa escola, foi aí que mobilizei todos para adotarem cartinhas de natal que as crianças da escola fizeram. Foi um sucesso, foi realizado lanche, entrega dos brinquedos com palhaços”.

MARIA AUGUSTA GEANDRA

Ação Macarronada beneficente na Vila verde Anjo da Guarda, responsável Maria Jose Santos – Esta ação foi realizada no bairro do Anjo da Guarda com 250 pessoas atendidas. “Esta ideia surgiu a 2 anos e este ano conseguimos entregar 250 macarronadas nesta comunidade, faço por amor, faço pra ajudar o próximo e junto com a instituição da comunidade cozinhamos e entregamos a todos”.

MACARRONADA MARIA JOSE

Ação Entrega de donativos na Associação Antônio Bruno, Responsável Marcelo Wellington – Esta ação foi realizada na associação Antônio Bruno, casa de apoio a pessoas com câncer. ”Além de cestas básicas, levamos lanches, cantamos, fizemos reflexões e dinâmicas com os pacientes, cujo principal objetivo era mostrar que eles não estavam só e que mesmo em meio a dificuldades podemos ter alegria, pois temos a graça de Cristo e seu grande amor por nós”.

ENTREGA DE DONATIVOS MARCELO

Ação Social Destaque da Ong:

Esta categoria tem como principal objetivo eleger a melhor ação social realizada pela Ong Solidariedade e Paz no ano de 2018, avaliando quantidade de beneficiados, impacto nas comunidades e instituições e voluntários envolvidos.

Indicadas:

(voluntários da Ong) - Ação de Natal na Comunidade Nova Esperança, Cidade Verde – Dinâmica da ação: Foram beneficiadas 38 famílias, cada família tinha que receber em sua casa um grupo de até três voluntários da Ong, cada grupo de voluntários deveria levar uma ceia de natal e passar o dia inteiro com a família, para entender suas necessidades, suas expectativas e compartilhar histórias de vidas. No por do sol todas as famílias e seus voluntários iriam se dirigir até um ponto de encontro para assistir uma cantata natalina com apresentação de um coral. Ao final da ação todas as famílias receberiam cestas básicas, brinquedos e roupas. Total de voluntários envolvidos: 90 voluntários.

NATAL

(conselho administrativo da Ong) – Ação Giro 360° Super Mães, Super Ações – Esta ação foi realizada em quatro lugares ao mesmo tempo e no mesmo dia. Dinâmica da ação: Foram beneficiadas 290 pessoas, o giro 360° foi realizado na Associação Antônio Bruno, na comunidade da Vila nova, na comunidade alto do pinho e no povoado periz de baixo em Bacabeira –MA.  Foram entregues cestas básicas, presentes, realizado um café da tarde e dinâmicas com as mães. Total de voluntários envolvidos: 135 voluntários.

GIRO

(conselho administrativo da Ong) – Ação Circo Alegria Alegria a história do grande Tunico – Dinâmica da ação: Foram beneficiados 350 pessoas entre crianças e funcionários da APAE – São Luís. O circo foi realizado na quadra poliesportiva da instituição, onde  tivemos apresentação lúdica de personagens de circo e uma encenação retratando a historia de uma criança com deficiência intelectual que tinha um sonho de ser palhaço de circo. Além do circo foi realizado atividades de leitura, oficinas de pinturas e dança e entrega de lembrancinhas a todas as crianças presentes. Total de voluntários envolvidos: 110 voluntários.

CIRCO

Voluntário (a) Destaque da Ong

Esta categoria tem como principal objetivo eleger a o voluntário(a) destaque da Ong Solidariedade e Paz no ano de 2018, avaliando seu empenho nas ações, responsabilidades e assiduidade durante todo o ano.

Indicados:

(Indicação voluntários da Ong) - Eliene Machado

Eliene Machado já é voluntária da Ong desde 2016, em 2018 a mesma participou de 13 ações voluntárias de um total de 20 ações realizadas pela Ong. Destaca-se pela força de liderança e por ser tão querida por todos os voluntários, eliene conseguiu na primeira etada do prêmio 36,7% das indicações para concorrer ao prêmio dentro do quadro de voluntários da Ong sendo a mais votada. Também se destaca por está sempre a frente ajudando a organização realizar cada vez mais com qualidade as ações dentro do estado.

ELIENE

(Indicação conselho administrativo da Ong) - Yrlane Sousa

Yrlane Sousa se destaca pela assiduidade nas ações e pelo tempo que é voluntária na Ong Solidariedade e paz, a mesma no ano de 2018 participou de 11 ações das 20 realizadas, foi a quarta mais votada pelos voluntários para ser indicada ao prêmio. Yrlane conseguiu 50% dos votos do conselho administrativo da Ong pelos critérios avaliados: engajamento nas ações, responsabilidade e assiduidade, consagrando-se o primeiro nome a ser indicado pelo conselho ao prêmio. Em 2018 a mesma se destacou por liderar a equipe campeã da 2º Gincana dos voluntários, onde obteve números históricos como por exemplo 1,3 toneladas de alimentos arrecadados e um total de mais 900 rifas vendidas.

YRLANE

(Indicação conselho administrativo da Ong)- Cassio Pontes

Cassio Pontes entrou na Ong em 2017 e desde lá se destaca pelo espirito de voluntario. Em 2018 participou de 11 ações das 20 realizadas, onde na maioria liderou setores. Cássio transbordou alegria e empatia na ação circo alegria alegria, a história do Tunico realizada na Apae – São Luís em março de 2018 onde trabalhou quase 10 horas de relógio sem parar para fazer a maior decoração já vista na instituição e na Ong.  Queridinho dos voluntários foi o terceiro mais votado entre os 21 concorrentes e o mesmo obteve 37,5% de indicação do conselho sendo o segundo voluntário a ser indicado ao prêmio.

CASSIO

Coordenador (a) /Assessor (a) Destaque:

Esta categoria tem como principal objetivo eleger a o coordenador(a) destaque da Ong Solidariedade e Paz no ano de 2018, avaliando seu empenho nas ações, responsabilidades, interação com os voluntários, desempenho técnico dentro das ações e assiduidade durante todo o ano.

Indicados:

(Indicação voluntários da Ong) - Laryssa Melo – Coordenação de Marketing

Laryssa melo tornou-se voluntária da Ong em 2016 e desde lá não parou com suas atividades. Coordenadora do setor de marketing da Ong aprovada em um seletivo em 2018, a mesma é responsável por campanhas publicitárias, divulgação e confeccção de materiais ilustrativos, e gerenciar as redes sociais e o site da Ong. A Laryssa obteve 32,4% das inteções de votos dos voluntários, sendo a mais votada e indicada nesta categoria ao prêmio.

LARYSSA

(Indicação conselho administrativo da Ong)- Geandra Rego – Coordenação de Doações

Geandra Rego entrou na Ong em 2017 e desde lá não parou suas atividades, hoje encontra-se responsável pelo setor de doações da ong, onde realiza a captação dos recursos para construção da Casa da Solidariedade que é nosso principal objetivo. Dona de uma simpatia enorme conquistou 100% das indicações do conselho administrativo, sendo a segunda indicada ao prêmio.

GEANDRA

Indicação Presidente da Ong)- Thalison Muniz – Coordenação de Ações

Thalison Muniz responsável hoje pelo setor de ações da Ong é o responsável por organizar e planejar as ações em conjunto da presidência da Ong. Entrou na Ong em 2017 e desde lá vem mostrando o seu espirito de voluntariado e empatia para com o próximo, Thalison também é muito querido pelos voluntários onde foi o segundo mais votado na categoria indicação de voluntários. Pelo seu empenho, dedicação e principalmente carinho foi indicado pela presidência para concorrer ao prêmio de voluntariado 2018.

THALISON

Categorias Projetos externos

Ação Social de projetos/instituições do maranhão destaque

Esta categoria tem como principal objetivo valorizar ações sociais de projetos/ongs do maranhão inteiro e reconhecer quem faz a diferença na vida das pessoas.

Indicados:

Ação: Um dia de diversão para crianças carentes – Projeto Meu Tesourinho, responsável Denise Cavalcante – Esta ação é realizada em vários municípios do estado e em São Luís, oferecendo brincadeiras de pintura de rosto, desenho, jogos com bola, brinquedos infláveis. No final todos recebem um lanche e um kit que vem um pacote de biscoito, um pacote de bombons, um saco de pipoca e um brinquedo. “O projeto já acontece há seis anos em São Luís, sempre fazemos em vários locais, mas há três anos vínhamos realizando no ginásio castelinho para cinco mil crianças dos bairros adjacentes. Mais de 20 mil crianças já foram beneficiadas com o projeto só aqui em São Luís, sendo que o projeto acontece simultaneamente em 27 municípios do Maranhão. Esse ano fizemos para duas mil crianças na Villa Embratel, para 250 crianças em um povoado do município de Anajatuba e para 300 crianças no município de Rosário.”. Número de voluntários envolvidos: 50 voluntários.

MEU TESOURINHO

Ação Beneficente no povoado de Mojó, Paço do Lumiar – Projetos Anjos do Bem, responsável Gabriel Gardhel– Esta ação foi realizada no povoado Mojó em Paço do Lumiar com uma média de 350 pessoas atendidas. “O projeto tem 8 anos, foi criado em homenagem aos meus filhos Luan Gabriel e Giovanna que vieram a falecer, desde a criação nos propomos a distribuir cestas básicas e brinquedos no período do Natal, começamos no primeiro ano com apenas 20 brinquedos e 15 cestas básicas e desde então o projeto só vem crescendo, nos últimos anos temos colocado várias coisas novas, como um dia de lazer para as famílias e ainda almoço e lanche, esse ano de 2018 além disso tudo fizemos uma manhã de atendimentos para a população com médico, nutricionista, fisioterapeutas, psicólogo, oftalmologista e cabeleireiros, chegamos a distribuir 250 brinquedos e 125 cestas básicas.”. Número de voluntários envolvidos: 20 voluntários.

PROJETO ANJOS DO BEM

Ação de palestras contra o suicídio e entrega de donativos em Bequimão-MA, Projeto Sonho Real, responsável Louise Moraes– Esta ação foi realizada na no munícipio de Bequimão com palestras de prevenção do suicídio, dentre outras. ”Tivemos algumas ações: Palestra alusiva ao setembro amarelo com prevenção ao suicídio e valorização à vida com profissionais da psicologia, orientações sobre a prática da saúde bucal para 142 crianças, com entrega de kits de higiene bucal e oficinas de leitura, entrega de cestas básicas e brinquedos para três comunidades do município de Bequimão.”.

PROJETO SONHO REAL

Para votar bastar acessar o link abaixo e votar quantas vezes quiser:

https://goo.gl/forms/GUuwKLewC9SL21Pa2

premio 3

Objetivo:  O Prêmio Voluntariado 2018 da ONG Solidariedade e Paz reconhece a atuação de cidadãos, empresas e entidades responsáveis por atividades voluntárias. O objetivo é incentivar o engajamento social e a participação dos cidadãos em ações transformadoras para a sociedade.

Público: Voluntários da Ong Solidariedade e Paz, Empresas Parceiras da Ong Solidariedade e Paz, Projetos e instituições sociais do maranhão, além de comunidades carentes do estado onde a Ong atuou.

A Ong Solidariedade e Paz foi criada em 05/01/2014 após atentados a ônibus em são luís e cidades vizinhas, tendo algumas vítimas a Ana Clara que chegou a falecer e o Márcio Ronny sobrevivente com 75% do corpo queimado. Tendo em vista todo o ocorrido o fundador Axel Jhone reuniu um grupo de amigos para ajudar estas famílias, arrecadando donativos e fundos financeiros. Depois do ocorrido o trabalho da ONG não parou tendo hoje mais de 5.000 beneficiados anualmente.

Categorias Ong Solidariedade e Paz

Ação voluntária individual (Votação Popular);

Plataforma de votação (site ou Instagram da ONG).

Todos os voluntários da ONG terão um prazo para inscreverem suas ações sociais individuais no total de até 3, durante o período de inscrição 26/12/2018 à 03/01/2019. Após o período de inscrições será realizada uma análise pelo conselho administrativo da ONG e selecionadas 3 ações individuais para votação popular. Início da votação popular 07/01/2019.

Ação Social Destaque da Ong (Votação Popular);

Plataforma de votação (site ou Instagram da ONG).

Será indicado pelo conselho administrativo da Ong 2 ações sociais realizadas pela Ong durante o ano de 2018 mais relevantes em número de beneficiados, impacto na sociedade e engajamento dos voluntários e 1 ação social indicada pelos voluntários da Ong. Início da votação popular 07/01/2019.

Voluntário (a) Destaque (Votação Popular);

Plataforma de votação (site ou Instagram da ONG).

Serão indicados pelo conselho administrativo da Ong, 2 voluntários que se destacaram durante todo o ano de 2018, levando em consideração o engajamento e responsabilidade nas ações, diferencial e assiduidade nas ações e 1 voluntário (a) indicado pelos voluntários da Ong levando em consideração as características citadas acima. Início da votação popular 07/01/2019.

Coordenador (a) /Assessor (a) Destaque (Votação Popular);

Plataforma de votação (site ou Instagram da ONG).

Serão indicados pelo Sr. Presidente da Ong Axel Jhone Oliveira Silva, 2 Coordenadores ou Assessores que se destacaram durante todo o ano de 2018, levando em consideração o engajamento na liderança de setores e coordenação das ações, responsabilidade nas ações, diferencial como líder buscando o crescimento da Ong e assiduidade. Também será indicado (a) 1 Coordenador ou Assessor (a) pelos voluntários da Ong levando em consideração as características citadas acima. Início da votação popular 07/01/2019.

Categorias Ong Solidariedade e Paz / Menção Honrosa

Menção Honrosa ao Voluntário (a) destaque

Escolha da Presidência da Ong

Obs.: Não haverá votação popular nesta categoria, será escolhido(a) o voluntário (a) pelo Sr. Presidente Axel Jhone Oliveira Silva para receber uma menção honrosa pelo trabalho destaque em 2018.

Menção Honrosa ao Coordenador (a) /Assessor (a) destaque;

Escolha da Presidência da Ong

Obs.: Não haverá votação popular nesta categoria, será escolhido(a) o coordenador ou assessor (a) pelo Sr. Presidente Axel Jhone Oliveira Silva para receber uma menção honrosa pelo trabalho destaque em 2018.

Menção Honrosa a Empresas destaques 2018;

Escolha da Conselho Administrativo da Ong

Obs.: Não haverá votação popular nesta categoria, serão escolhidas as empresas destaques pelo conselho administrativo da Ong para receber uma menção honrosa pela parceria em 2018.

Menção Honrosa a comunidade 2018;

Escolha da Conselho Administrativo da Ong

Obs.: Não haverá votação popular nesta categoria, será escolhida a comunidade ou instituição atendida pela Ong em 2018 para representar as demais.

                                          Categoria projetos ou ongs

Ação Social de projetos/instituições do maranhão destaque (Votação Popular);

Plataforma de votação (site ou Instagram da ONG).

Qualquer projeto social ou Ong do estado do maranhão poderão inscrever até 3 ações sociais durante o período de inscrições 28/12/2018 à 03/01/2019 pelo link: https://pt.surveymonkey.com/r/GWFT5GH

Após o período de inscrições será realizada uma análise pelo conselho administrativo da ONG e selecionadas 3 ações destaques para votação popular, com base em número de beneficiados, impacto na sociedade e engajamento dos voluntários. Início da votação popular 07/01/2019.

O CIRCO ALEGRIA ALEGRIA CHEGOU PARA AS CRIANÇAS DA APAE PAÇO DO LUMIAR

Texto por : Bruno Brito e Maria de Lourdes

Com o público em torno de quinhentas pessoas entre crianças da instituição (APAE)  e voluntários da ONG, a tarde de sábado (20) foi de muita alegria e diversão para as crianças da APAE Paço do Lumiar, o Circo alegria alegria que é uma ação organizada pela ONG Solidariedade e Paz, desta vez foi realizada em homenagem ao dia das crianças com o intuito de oferecer atividades variadas e interessantes visando dar as crianças a oportunidade de lazer, pois são elas os principais espectadores  deste circo.

     Todos os voluntários devidamente vestidos com amor, alegria e solidariedade além de muitas gargalhadas tornaram o espetáculo encantador.

Voluntária Cleidiane Sales protagonista da encenação do circo

Foto com todos os voluntários no final da ação. Foto: Walter Sousa

Foi diversão garantida com muitas brincadeiras, pintura facial, leitura e muito mais, todas coordenadas pela voluntária Monica Veras a líder da recreação.

 Ao ser abordada ela nos disse que sua contribuição foi trazer alegria, amor, carinho e dedicação, a esse projeto maravilhoso e a essas crianças maravilhosas.

Mônica Veras líder da recreação do Circo Alegria Alegria. Foto Laryssa Melo

Mônica Veras – líder da recreação do Circo Alegria Alegria. Foto: Laryssa Melo

“Na ação encenação do circo eu estou representando a Alice, que é uma criança com dez anos de idade que tem síndrome de Down e ser voluntária mudou minha vida pois hoje eu me sinto uma pessoa mais realizada, em poder ajudar muitas outras pessoas, a gente acaba esquecendo um pouco dos nossos problemas, quando olhamos para o outro, então eu me sinto muito feliz em participar dessa família que é a ONG Solidariedade e Paz” afirmou a voluntária Cleidiane Sales.

Voluntária Cleidiane Sales protagonista da encenação do circo

Voluntária Cleidiane Sales- protagonista da encenação do circo. Foto: Laryssa Melo

 “ Essa ação é muito importante para APAE, a gente nunca teve um evento assim na instituição, eu como representante da APAE Paço do Lumiar agradeço muito a ONG Solidariedade e Paz, pois como já disse essa é a primeira ação desse tipo que acontece aqui, torno a agradecer a ONG, por proporcionar a essas crianças um evento como esse aqui na APAE” comentou Olga Plácido, diretora da APAE.

Olga Placido

Olga Plácido diretora da APAE cumprimentando Axel Jhone presidente da ONG Solidariedade e Paz. Foto: Fernando Fernandes

O voluntário Cássio Pontes aproveitou para falar que estava sendo muito gratificante fazer a realização desse trabalho do circo pela segunda vez como líder da decoração e que tudo saiu como o planejado e estava tudo muito colorido e com cara de circo para animar o dia daquelas crianças.

O líder Cássio Pontes e sua equipe de decoração

O líder Cássio Pontes e sua equipe de decoração. Foto: Laryssa Melo

O coordenador de ações e vice-presidente da ONG Solidariedade e Paz : Thalison Muniz afirmou que a ONG conseguiu ao longo do tempo uma vasta experiência na execução  de ações, que conseguiram criar um padrão de lideranças e através desses lideres mobilizar centenas de voluntários. E também diz que : “A maior motivação para cada um de nós é justamente estar lá levando um pouco de alegria a quem tem tantas batalhas. Quando pensamos nessa ação a principal preocupação foi justamente trazer essa parte lúdica do circo mais uma vez, queríamos não apenas sorrisos, mais o encantamento daquelas crianças.”

Thalison Muniz

Thalison Muniz- coordenador de ações e vice-presidente da ONG Solidariedade e Paz. Foto: Laryssa Melo

Em entrevista o aluno da One, Samuel Cunha nos disse que seu sonho é se tornar um médico, e que  acredita que essas ações sociais são o primeiro passo, porque a vida de um médico é justamente aquela que ele se abstém da sua para ajudar outras pessoas.    

O curso One, um dos patrocinadores desta ação nos contou o motivo pelo qual motivou se a patrocinar a ação do circo: “Nós do curso One  trabalhamos com ações sociais, e fazemos por ano em media de 6 ações, tivemos cerca de 500 marcações no Instagram, quando eu olhamos ficamos maravilhados. Foi a primeira vez que estávamos ajudando o projeto solidariedade e paz, e agora é pra sempre, a gente achou que vocês são uma equipe organizada, a gente só precisa se alinhar, e se organizar cada vez mais, e essa ação que esta tendo hoje a gente pode levar o ano todo, natal, dia das crianças, dia das mães, dia dos pais, é parceria pro resto da vida.”comentou Shantuza Paiva diretora do curso One.

Curso One

Curso One- Patrocinador do Circo Alegria Alegria. Foto: Laryssa Melo

Eliene Machado líder da coordenação de lanche do Circo Alegria Alegria comentou que todos abraçaram nossa causa e que tem orgulho de dizer que tudo que foi distribuído na ação veio de doações em um pequeno espaço de tempo. Ela e sua equipe conseguiram fazer os kits em tempo hábil, e no dia da ação executaram sua tarefa com êxito, e que finalizaram com a sensação de dever cumprido e ainda finaliza dizendo que ficarão na expectativa das próximas ações.

Toda ação foi coordenada  de perto pelo próprio presidente da ONG Solidariedade e Paz   Jhone Oliveira, que sempre faz questão de estar envolvido, pois a sensação de ajudar o próximo é gratificante demais. Em entrevista ele disse que pensar em cada detalhe requer um time muito bem preparado para suprir todas as demandas que o circo alegria alegria requer, então baseado nisso escalou o time de líderes de setores cada um com sua respectiva área para atender conforme todo planejamento e também confidenciou que é muito gratificante ter um time tão bem preparado e disposto para a realização de um evento tão grandioso como este. Deixa seu agradecimento as mais de dezesseis  empresas que ajudaram com suas parcerias e abraçaram de coração essa ação, foi espetacular, afirmou.    

Axel Jhone Presidente da ONG Solidariedade e Paz e Eliene Machado Líder do lanche

Axel Jhone- Presidente da ONG Solidariedade e Paz e Eliene Machado- Líder do lanche. Foto: Laryssa Melo

Um dia de piquenique – para alunos do centro Frei Daniel de São Luís

Texto por: Laryssa Melo

Entrevistas: Marcos Oliveira e Darlan Gabriel

Um dia de piquenique foto01

Este mês de setembro foi movimentado para o centro Frei Daniel na comunidade do Alto do Pinho de São Luís: além de serem doadas algumas cestas básicas arrecadadas na II gincana dos voluntários, o Projeto Solidariedade e Paz levou o piquenique para os alunos e mais uma diversidade de oficinas e brincadeiras, onde puderam interagir e brincar de brincadeiras típicas da infância tais como amarelinha, pula corda, bola, dança e contaram com aulas de capoeira.

Segundo o presidente do projeto, Axel Jhone, para realizar essa ação social alguns dos candidatos aos cargos de coordenação e assessoria participaram de todo o processo de criação do piquenique e demais atividades relacionadas ao evento, o que torna importante a participação dos mesmos durante toda a ação, desde a criação até a execução dos trabalhos. A idéia foi compartilhada junto à Mônica Veras, líder de setor desta ação, de acordo com ele, o piquenique surgiu quando a ONG deu entrevista para a mirante e ele viu as crianças sentadas em roda lanchando, em seguida a ideia de proporcionar uma mesa farta de lanche e um dia de alegria surgiu.

De acordo com Mônica Veras, coordenadora da ação, teve algumas dificuldades no percurso mas acabou sendo melhor do que o esperado.  Foi sua primeira ação e já como coordenadora, admite que foi bem desafiador e apesar de todos os empecilhos tudo o que ela consegue sentir é felicidade e satisfação ao ver todos os voluntários compartilhando com sua ideia.

Voluntária da ONG Solidariedade Paz. Mônica Veras

Voluntária da ONG Solidariedade & Paz. Mônica Veras/ Foto: Laryssa Melo

Para dois novos voluntários, Gleydson Felipe e Fransuene Costa, a sensação é de estar participando de algo grandioso, se sentindo bem e útil ao servir aquelas crianças, e isso para o crescimento profissional é muito bom e para o pessoal melhor ainda.

Voluntária da ONG Solidariedade Paz. Fransuene Costa

Voluntária da ONG Solidariedade & Paz. Fransuene Costa/ Foto: Laryssa Melo

A responsável pelo centro, Natividade de Lourdes Ferreira, afirma que o piquenique beneficia a todos os envolvidos. Afirma que é grata ao projeto, pois foram os primeiros a notar aquele centro, e a partir da primeira visita, abriram portas para o reconhecimento de outros projetos sociais para ajudarem e proporcionarem alegrias as crianças. De acordo com ela é uma grande contribuição, e ela faz questão de abrir as portas não só para as crianças frequentadoras do centro, mas para outras crianças da comunidade também, para que todos tenham a chance de se divertir.

Presidente da ONG Solidariedade Paz e representante do Centro Frei Daniel. Axel Jhone e Natividade de Lourdes Ferreira

Presidente da ONG Solidariedade & Paz e representante do Centro Frei Daniel. Axel Jhone e Natividade de Lourdes Ferreira/ Foto: Laryssa Melo

Teve também a participação de dois profissionais que tiraram o dia para fazer o bem àquelas crianças : Bráulio e Tadeu.

De acordo com Bráulio, instrutor de capoeira, há 10 anos ele faz trabalho social, e através da capoeira consegue melhorar a sociedade, pois o esporte tira as crianças da zona de perigo, ajuda muito a ter autocontrole, autoestima e trabalha a musicalidade e equilíbrio.

Instrutor de capoeira na Associação Capoeira Cultura Brasileira. Bráulio

Instrutor de capoeira na Associação Capoeira Cultura Brasileira. Bráulio / Foto: Laryssa Melo

Tadeu teve conhecimento do projeto através do prêmio que foi conquistado um mês atrás: Voluntários Vale, na qual a ONG ganhou em primeiro lugar pelo voto popular e técnico. Tadeu e alguns outros profissionais que trabalham na vale, foram visitar e participar da ação. Afirma que já tinha participado de outros eventos sociais pela Vale e diz que: “É gratificante, faz bem à si próprio, a gente acha que tem problemas mas não chega nem perto, é um projeto bom, estou aqui pra participar cada vez mais”.

Equipe voluntária Vale

Equipe voluntária Vale/ Foto: Laryssa Melo

Entrevistamos os alunos christian e isabelle, que se prontificaram a dizer que ficaram muito felizes com as brincadeiras, o christian chegou a confessar inclusive que nunca tinha brincado em um pula pula e que adorou.

Crianças do centro comunitário Frei Daniel

Crianças do centro comunitário Frei Daniel/ Foto: Laryssa Melo

Entrevistamos também o Miguel que é filho de uma voluntária do projeto, ele deu entrevista muito animado afirmando que ele estava adorando estar ali e que era muito legal ter novos amigos para brincar.

Voluntário mirim da ONG Solidariedade Paz. Miguel Muniz

Voluntário mirim da ONG Solidariedade & Paz. Miguel Muniz/ Foto: Laryssa Melo

 logo gincana

A incrível 2ª Gincana dos Voluntários da Ong Solidariedade e Paz
Texto: Axel Jhone

Os últimos dois meses foram movimentados para os voluntários da Ong Solidariedade e Paz. Foi realizada a 2ª edição da Gincana dos Voluntários onde se obtiveram números incríveis de arrecadações e movimentação nas redes sociais. A gincana contou com apoio de centenas de pessoas entre elas: voluntários (as), patrocinadores, artistas de nível nacional e local, além de cantores e influenciadores digitais.

Segundo o presidente da Ong, Axel Jhone, para realizar essa ação foi necessário escalar um time de alta qualidade para desenvolver as provas, organizar as equipes, e fazer toda a gestão desta, além de motivar e direcionar as equipes a alcançarem os excelentes resultados que tornou essa, a maior gincana já realizada por uma Ong no estado do Maranhão.

Nesta edição a gincana contou com dois perfis de participantes: jogadores (voluntários participando de equipes diretamente) e Observadores (voluntários ajudando esporadicamente as equipes sem estar dentro da competição) totalizando uma média de 150 voluntários, contribuindo para o sucesso da ação. Com essa estratégia foi alcançado resultados incríveis como: 6.5 toneladas entre alimentos e latas/pacote de leite, 7.611 peças de roupas e calçados, 875 brinquedos e aproximadamente 90.000 mil visualizações nas redes sociais.

Para a voluntária Valquíria Bastos ter conseguidos mais de 12 artistas e digitais influencer a nível nacional significou:  “as redes sociais são um trampolim excelente quando se fala em divulgação. Saber o nome e as ações realizadas pela Ong é incrível!  Nosso trabalho sendo visto por pessoas de vários cantos do brasil dar uma sensação de dever cumprido, pois não foi fácil. Paciência e dedicação foram fundamentais, mas apesar de muitos nãos ouvidos, o carinho e positividade de alguns artistas me encorajou a buscar até o último minuto essas divulgações. A cada vídeo publicado nas redes sociais com milhares de seguidores visualizando, a felicidade transbordava, pois sabia que em algum lugar, naquele momento tinha alguém conhecendo a magnifica Ong Solidariedade e Paz”.

Já para a voluntária Eliene Machado, “ apesar de muitos terem a ideia que o voluntariado é algo só para ser feito e não divulgado, eu sou a prova viva de quanto a divulgação das nossas ações é importante, pois além de comprovar todas nossas atividades, ela influencia pessoas a quererem participar, a poder ajudar de alguma forma. É como me senti, quando tivemos vídeos de grandes influenciadores digitais falando do nosso projeto, porque além de propagado a milhares de pessoas, demonstrava que eles acreditavam em nosso trabalho, afinal eles não iriam representar algo que não acreditassem. ”

Presidente da Ong Solidariedade e Paz Axel Jhon

Presidente da Ong Solidariedade e Paz, Axel Jhone. / Foto: Wellington Sousa

 Voluntárias da Ong Solidariedade e Paz

Voluntárias da Ong Solidariedade e Paz. Valquíria Bastos (a esquerda) e Eliene Machado (a direita) / Foto: Wellington Sousa

Antônia de Jesus (no centro), eleita a 1ª colocada como observadora, diz que “à ação foi muito importante para meu crescimento pessoal, poder ajudar minha sobrinha a conseguir doações vender rifas foi algo prazeroso. Jamais imaginei conquistar esse reconhecimento de observadora nº1, a luta foi grande mais a vitória foi maior ainda. Agradeço a Deus e a todos que contribuíram para o sucesso da maior gincana que esse estado já viu”.

 

 

 

A líder da equipe lilás (3º lugar), Dairley Silva, afirma “ser líder da equipe lilás a princípio foi uma grande surpresa para mim, hoje eu posso dizer que tenho orgulho de ter sido líder desta equipe, nós somos um exemplo de superação, pois estávamos em uma posição bem baixa no ranking e começamos a correr atrás dos nossos objetivos. Nosso foco não era ganhar exatamente, mas sim ajudar as pessoas, porque sabíamos que ganhando ou não íamos ajudar centenas de pessoas. ”

Para Geandra Rego e Thalisson Muniz, integrantes da comissão organizadora fazer parte de um projeto tão grandioso não tem preço. Geandra, afirma “participar da 2ª Gincana dos Voluntários da Ong Solidariedade e Paz me trouxe muitas realizações e aprendizado, os resultados da ação são surpreendentes e muitas instituições serão beneficiadas. A ação estimulou a prática esportiva, o trabalho em equipe e a criatividade na solução dos problemas, promovendo um momento de aprendizado e descontração. Teve muita solidariedade, união, companheirismo e educação para vida, todas as provas foram realizadas com a participação da torcida e isso motivou cada vez mais os jogadores. Gratidão é o que me define em participar da maior gincana do estado do maranhão”.

Já Thalisson Muniz explica, “Atualmente tenho pouco menos de 1 ano na Ong e pude participar da 1 Gincana dos voluntários no ano de 2017 como jogador, esse ano recebi o convite para ser da comissão organizadora, é natural do ser humano ter receio da novidade e tinha uma ideia diferente de como era a organização. Fazer todo o planejamento e ver tudo sendo executado conforme planejado é muito prazeroso. A melhor parte é ver todo o trabalho recompensado com suor das equipes e da organização para conseguir alcançar todas as metas e garantir o sorriso de muita gente que irá receber tudo que conseguimos arrecadar. ”

Coordenadores de Doações e Ações da Ong Solidariedade e Paz

 

Coordenadores de Doações e Ações da Ong Solidariedade e Paz, Geandra Rego e Thalisson Muniz. / Foto: Wellington Sousa

Organização da 2ª Gincana dos Voluntários da Ong Solidariedade e Paz

Organização da 2ª Gincana dos Voluntários da Ong Solidariedade e Paz. / Foto: Wellington Sousa

Voluntária da Ong Solidariedade e Paz

Voluntária da Ong Solidariedade e Paz, Antônia de Jesus (ao centro). / Foto: Wellington Sousa

Voluntária da Ong Solidariedade e Paz

Voluntária da Ong Solidariedade e Paz, Dairley Silva. /

Para Yrlane Sousa, líder da equipe rosa consagrada campeã da 2ª Gincana dos Voluntários da Ong Solidariedade e Paz ressaltou a importância do espírito de equipe nessa ação: “ Ser líder de uma equipe foi algo desafiador, mas ao mesmo tempo muito gratificante. Fazer parte da equipe campeã é algo inexplicável. É muito bom saber que todo esforço valeu a pena, toda aquela luta teve um resultado. Não foi fácil sair de casa todos os dias e passar o dia todo nas ruas batendo de porta em porta pedindo alimentos, subir ladeiras enormes com um carro de mão extremamente cansados e agradecer por isso, porque todo aquele nosso esforço ia trazer alimentos para a mesa de muitos que precisam. Saber que em meio a essas nossas saídas para as ruas existe seres humanos altruístas de verdade, que realmente desejam o bem e querem um mundo melhor, pessoas essas que davam quase o seu último para ajudar quem elas nem conhecem, mas sabem da necessidade do outro. Recebemos muitos não, muitas portas fechadas na cara, mas em meio a esses não, sempre tinha alguém que falava o quanto era bonito o que estávamos fazendo, que íamos conseguir e isso e isso nos dava assim uma força sem tamanho para continuar. Sou muito grata pelo esforço e dedicação da minha equipe, são pessoas admiráveis. Sempre dando seu melhor para estar ali, para ajudar, para conseguir mais um pouco. Foi cansativo, mas foi maravilhoso todos os dias que saí de casa com a intenção de conseguir mais um pouco para ajudar meu próximo. Saber que vamos colocar alimento na mesa de muitos, fazer uma criança sorrir de felicidade ao ganhar um brinquedo, o responsável de uma instituição transbordar de alegria por receber doações é algo extremamente maravilhoso de ficar até sem palavras para saber descrever. Vou levar todos esses momentos sempre comigo. Obrigada equipe rosa por sempre acreditar que tudo ia dá certo e obrigada projeto solidariedade e paz por me fazer a cada dia um ser humano melhor. Parabéns também a todas as equipes que lutaram para que essa gincana acontecesse, o esforço de todos, deu o resultado de mais de 6 toneladas de alimentos arrecadados, 875 brinquedos, 411 leites e 7611 peças de roupas, o que vai ajudar muitas pessoas que precisam, e isso é a melhor parte mais importante dentro da ação”.

 

 

 

 

 

 

 

Larissa Melo, eleita a 1ª colocada como jogadora desta edição, diz que “A gincana para mim sempre foi uma boa maneira de conseguir doações, apesar de ser difícil a maneira de lidar com as pessoas, ouvir alguns “nãos” e nem todo mundo compartilhar do mesmo sentimento que eu compartilho. Para entrar na gincana é preciso ter força de vontade, é preciso correr atrás e principalmente não desistir. Ser líder de equipe definitivamente não foi fácil, foi preciso estar sempre motivada e motivando os integrantes, foi preciso ter paciência e ter muitas estratégias e entre uma delas atrelei o meu trabalho (fotografia) ao voluntariado, lancei então a promoção de miniboook em troca de duas cestas básicas, e com muita divulgação conseguimos mais de 20 ensaios, totalizando uma boa quantia de alimentos para a doação.  Finalizo essa gincana dizendo que não me arrependi de nada, das noites mal dormidas, dos estresses e muito menos dos puxões de orelha com a minha equipe, mas principalmente com a sensação de dever cumprido, sensação de que muitas famílias não passarão fome porque a gente se dedicou além do limite. Ser jogadora número 1º é muito gratificante, ver todo o trabalho sendo recompensado é de extrema importância, divido minha medalha com a equipe vermelha, sem eles não teria ganhado esse título, nem chegaríamos em segundo lugar no ranking geral, nem em primeiro lugar no ranking de arrecadação de alimentos, ser voluntário é isso, muita dedicação, união e muito amor para dar, ansiosa pela próxima gincana”

Voluntária da Ong Solidariedade e Paz Yrlane Sousa ao centro

Voluntária da Ong Solidariedade e Paz, Yrlane Sousa (ao centro). / Foto: Wellington Sousa

 Coordenadora de Marketing e Assessoria de imprensa da Ong Solidariedade e Paz Larissa Melo

Coordenadora de Marketing e Assessoria de imprensa da Ong Solidariedade e Paz, Larissa Melo. / Foto: Wellington Sousa

A Ong Solidariedade e Paz, atua nas causas sociais a mais de 4 anos. São atendidas em média por ano 5.000 mil pessoas com diversas ações envolvendo crianças, adultos e idosos. Com os donativos arrecadados nesta edição da Gincana vai ser possível beneficiar mais de 5.000 mil pessoas, tendo uma projeção de 8.000 mil pessoas beneficiadas pela Ong Solidariedade e Paz no final do ano de 2018.

 

Premiação:

Na 2ª Edição da Gincana dos voluntários da Ong Solidariedade e Paz contou com uma incrível premiação reconhecendo o esforço em provas e as primeiras colocações. A empresa Academia Total Fit localizada no Bairro do São Francisco ofereceu um plano de 6 meses grátis em todos os serviços oferecidos pela academia a um jogador escolhido pela equipe vencedora da prova Circuito Total Fit, que no caso foi a Elaine Alvares jogadora da equipe rosa.

As primeiras colocadas foram premiadas e reconhecidas com medalhas de honra ao mérito, sendo que a primeira colocada recebeu o seguinte prêmio: Um final de semana em barreirinhas com direito a passeio nos lençóis maranhenses, com hospedagem em uma mansão localizada nas margens do rio preguiças, além de uma festa para a equipe campeã e um passeio de avião bimotor sob os lençóis maranhenses.

Premiação 2ª Gincana dos Voluntários Ong Solidariedade e Paz

Premiação 2ª Gincana dos Voluntários Ong Solidariedade e Paz. / Foto: Wellington Sousa

Passeio Aéreo Premiação da 1ª Colocada

Passeio Aéreo (Premiação da 1ª Colocada)

 Passeio aos Lençóis Maranhenses Premiação da 1ª Colocada

Passeio aos Lençóis Maranhenses (Premiação da 1ª Colocada)

Festa dos Campeões Premiação da 1ª Colocada

Festa dos Campeões (Premiação da 1ª Colocada). / Foto: Edlene Oliveira

 

 

Ranking Final

 

1º Lugar: Equipe Rosa

Com 67.265 pontos a equipe rosa se consagrou campeã da 2º Gincana dos Voluntários da Ong Solidariedade e Paz. Foram 901 rifas vendidas, 185 brinquedos arrecadados, 1790 peças de roupas e calçados, 1 tonelada e 145 alimentos arrecadados, além de 50 latas e pacotes de leites e mais de 15 divulgações locais de influenciadores digitais e artistas locais, 4 divulgações de artistas nacionais.

Equipe Rosa 1º Lugar

Equipe Rosa 1º Lugar

 

2º Lugar: Equipe Vermelha

Com 66.977 pontos a equipe vermelha conquistou o 2º lugar da 2º Gincana dos Voluntários da Ong Solidariedade e Paz. Foram 603 rifas vendidas, 143 brinquedos arrecadados, 1331 peças de roupas e calçados, 1 tonelada e 793 alimentos arrecadados, além de 107 latas e pacotes de leites e mais de 17 divulgações locais de influenciadores digitais e artistas locais.

Equipe Vermelha 2º Lugar

Equipe Vermelha 2º Lugar

 

3º Lugar: Equipe Lilás

Com 34.251 pontos a equipe lilás conquistou o 3º lugar da 2º Gincana dos Voluntários da Ong Solidariedade e Paz. Foram 234 rifas vendidas, 110 brinquedos arrecadados, 774 peças de roupas e calçados, 911 kg de alimentos arrecadados, além de 30 latas e pacotes de leites e mais de 7 divulgações locais de influenciadores digitais e artistas locais.

Equipe Lilás 3º Lugar

Equipe Lilás 3º Lugar

 

4º Lugar: Equipe Azul

Com 28.251 pontos a equipe azul conquistou o 4º lugar da 2º Gincana dos Voluntários da Ong Solidariedade e Paz. Foram 336 rifas vendidas, 88 brinquedos arrecadados, 1064 peças de roupas e calçados, 462 kg de alimentos arrecadados, além de 43 latas e pacotes de leites e mais de 29 divulgações locais de influenciadores digitais e artistas locais.

Equipe Azul 4º Lugar

Equipe Azul 4º Lugar

 

5º Lugar: Equipe Branca

Com 27.416 pontos a equipe branca conquistou o 5º lugar da 2º Gincana dos Voluntários da Ong Solidariedade e Paz. Foram 312 rifas vendidas, 83 brinquedos arrecadados, 504 peças de roupas e calçados, 420 kg de alimentos arrecadados, além de 54 latas e pacotes de leites e mais de 8 divulgações locais de influenciadores digitais e artistas locais e 12 divulgações de artistas nacionais.

Equipe Branca 5º Lugar

Equipe Branca 5º Lugar

6º Lugar: Equipe Verde

Com 22.312 pontos a equipe Verde conquistou o 6º lugar da 2º Gincana dos Voluntários da Ong Solidariedade e Paz. Foram 289 rifas vendidas, 114 brinquedos arrecadados, 768 peças de roupas e calçados, 490 kg de a

 

limentos arrecadados, além de 46 latas e pacotes de leites.

Equipe Verde 6º Lugar

Equipe Verde 6º Lugar

 

7º Lugar: Equipe Cinza

Com 16.996 pontos a equipe cinza conquistou o 7º lugar da 2º Gincana dos Voluntários da Ong Solidariedade e Paz. Foram 382 rifas vendidas, 23 brinquedos arrecadados, 527 peças de roupas e calçados, 210 kg de alimentos arrecadados, além de 20 latas e pacotes de leites.

Equipe Cinza 7º Lugar

Equipe Cinza 7º Lugar

8º Lugar: Equipe Azul Marinho

Com 16.512 pontos a equipe azul marinho conquistou o 8º lugar da 2º Gincana dos Voluntários da Ong Solidariedade e Paz. Foram 342 rifas vendidas, 51 brinquedos arrecadados, 428 peças de roupas e calçados, 206 kg de alimentos arrecadados, além de 22 latas e pacotes de leites.

Equipe Azul Marinho 8º Lugar

Equipe Azul Marinho 8º Lugar

9º Lugar: Equipe Preta

Com 10.193 pontos a equipe preta conquistou o 9º lugar da 2º Gincana dos Voluntários da Ong Solidariedade e Paz. Foram 102 rifas vendidas, 100 brinquedos arrecadados, 402 peças de roupas e calçados, 240 kg de alimentos arrecadados, além de 25 latas e pacotes de leites.

Equipe Preta 9º Lugar

Equipe Preta 9º Lugar

10º Lugar: Equipe Verde Cana

Com 5.687 pontos a equipe preta conquistou o 10º lugar da 2º Gincana dos Voluntários da Ong Solidariedade e Paz. Foram 165 rifas vendidas, 22 brinquedos arrecadados, 111 peças de roupas e calçados, 181 kg de alimentos arrecadados, além de 14 latas e pacotes de leites.

Equipe Verde Cana 10º Lugar

Equipe Verde Cana 10º Lugar

 

Patrocinadores:

A Ong Solidariedade e Paz gostaria de agradecer a todos os patrocinadores que contribuíram para a realização da maior gincana do estado maranhão e por confiarem neste trabalho de toda uma vida.

Nossos sinceros agradecimentos as empresas: Bebelin, ACI Antonio Couto Imóveis, Pirueta, Walter Sousa Fotografias, Estética Mara, Loja Shalon,  Eduardo Sá, Clinica Mirai, Delegação SLZ, Piruetas Ideias, Churrascaria Caminho de Casa, +Mais Condomínios Inteligentes, The English Institute, BetStar 365, Truly Nolen Controle de pragas, Go Travel.

O Projeto Solidariedade & Paz realiza ação social em 4 lugares ao mesmo tempo no próximo dia 19 de maio de 2018 a partir das 15:00h, em comemoração ao dia das mães. O evento se intitula giro 360o- Super mães, Super ações, e se destaca por ser a mesma ação acontecendo em quatro lugares simultaneamente.


Dentre as atrações, o evento contará com umas performances de interação mães- voluntários, homenagens, brincadeiras, sorteios e lanches. Os eventos visam interagir com as mães em geral, além de levar muita alegria e carinho, mostrando assim a real importância de ser mãe.
O projeto que tem como função o voluntariado, sempre promove ações inclusivas para todos os públicos e se une pela primeira vez com os 4 locais propostos, buscando incentivar a sociedade a contribuir com as ações sociais.
Sobre o evento:


Data: 19 de Março de 2018 (sábado) Horário: 15:00h às 16:30h


Locais:
Fundação Antonio Bruno- Cohatrac Comunidade Alto do Pinho Bacabeira- Periz de baixo
Vila Nova


Programação:
12h30 -saída de São Luís - voluntários de Periz
13h30 -chegada dos voluntários de (Fundação Antônio Bruno, Alto do Pinho e Vila nova)
15h inicia com a fala
15h10- 15h30 -café da tarde
15h30- 16h10 -dinâmica
16h10- 16h20 -homenagem do filho
16h20- 16h40 -apresentação do coral e encerramento.

 

Contatos:
 Projeto Solidariedade e Paz
Tel: (98) 98831-3061
Instagram: @projetosolidariedadeepaz Facebook: @projetosolidariedadeepaz www.solidariedadeepaz.com.br
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 Fundação Antonio Brunno:
Tel: (98) 3181-0016 www.antoniobrunno.com.br
instagram: @fundacaoantoniobrunno
 Comunidade Alto do Pinho
Tel: (98) 98831-3796
 Povoado de Bacabeira- Periz de Baixo
Tel: (98) 98906-8645
 Vila Nova
Tel: (98) 98724-4049

O Projeto Solidariedade & Paz realiza Sopão para Todos, com o objetivo de promover a entrega de sopa.


A ação iniciará as 19 horas no hospital Djalma Marques (Socorrão I), será oferecido para os pacientes e acompanhantes uma deliciosa sopa com ingredientes fundamentais: Amor e Solidariedade, além de uma roda de conversa.


Em seguida o projeto se desloca para o Mercado Central, na qual há uma grande quantidade de pessoas em situação de rua. Junto às sopas será entregue também a Bolsa da solidariedade que será composta por um kit de higiene básico (escova de dente, creme dental, fio dental, desodorante, absorvente, batom, papel higiênico) e também alguns agasalhos, cobertores e colchonetes devido ao tempo chuvoso.


O projeto que tem como função o voluntariado, sempre promove ações inclusivas para todos os públicos e faz pela primeira vez a distribuição de sopas, visando um maior cuidado com as pessoas em situação de rua, e assistência aos enfermos, nesse período de chuva, afinal a sopa tem esse benefício de aquecer o corpo, e aumentar a imunidade.

 

Sobre o evento:
Data: 27 de Abril de 2018 (sexta-feira) Horário: 19h
Local: Socorrão I - 714, R. do Passeio, 600, São Luís – MA Mercado Central - Av. Guaxenduba, 01 - Centro, São Luís - MA
Projeto Solidariedade e Paz Tel: (98) 991784139
Instagram: @projetosolidariedadeepaz Facebook: @projetosolidariedadeepaz www.solidariedadeepaz.com.br
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

agasalhos

 

Circo Alegria Alegria Alegria – A história do pequeno grande Tunico para  os alunos da APAE de São Luís
Texto: Ana Beatriz Oliveira e Diego Marques

Este mês de março foi movimentado para a APAE de São Luís: além do 47° aniversário da instituição e do dia internacional da Síndrome de Down, na quinta-feira, dia 22, o Projeto Solidariedade e Paz levou o Circo Alegria Alegria para os alunos e mais uma diversidade de oficinas e brincadeiras, onde puderam interagir, brincar e principalmente: sorrir.

Segundo o presidente do projeto, Axel Jhone, para realizar essa ação social alguns dos candidatos aos cargos de coordenação e assessoria participaram de todo o processo de criação do circo e demais atividades inerentes ao evento, o que torna importante a participação dos mesmos durante toda a ação, desde a criação até a execução dos trabalhos. Para duas voluntárias, Ericarla Mendes e Pollyanna Cutrim, foi possível a realização da ação com êxito porque uma estrutura foi criada de modo a dividir tarefas por coordenações, o que possibilitou uma melhor desenvoltura dos voluntários sem sobrecarrega-los. Para conseguir doações e patrocinadores, utilizaram o marketing digital através das redes sociais e também o esforço dos voluntários. Axel afirmou ainda que o projeto já possui nova estrutura e que já tem ações previstas.

Presidente do Projeto Solidariedade e Paz Axel Jhone. Foto Walter Sousa

Presidente do Projeto Solidariedade e Paz, Axel Jhone. / Foto: Walter Sousa

Voluntária do Projeto Solidariedade e Paz Ericarla Mendes. Foto Walter Sousa

Voluntária do Projeto Solidariedade e Paz, Ericarla Mendes /Foto: Walter Sousa

Thalison Muniz, coordenador de ações do projeto e responsável pelo Circo Alegria Alegria, diz que “a ação foi extremamente gratificante e nova, porque já havia participado de outras, mas nada pegando toda essa estrutura”, e completa: “a gente faz essas ações sem o intuito de receber nada em troca, mas cada sorriso, cada dificuldade que vemos eles passarem sem nunca dizer ‘não’, o que também é a história do nosso circo, uma história de superação, é alguém que procura o seu sonho apesar das dificuldades. Então, a gente sempre leva daqui uma lição e é algo extremamente gratificante”.

O presidente da APAE, Arionildes da Silva, afirma que o Circo Alegria Alegria beneficia a todos os envolvidos. Segundo ele, a própria coordenação da associação não deixa datas comemorativas passarem em branco, como o dia internacional da Síndrome de Down e o 46° aniversário da escola Inês Santana, mas a parceria com o projeto Solidariedade e Paz rende credibilidade às instituições envolvidas, algo escasso atualmente.

A professora Maria de Jesus que trabalha há 24 anos na instituição ressaltou a importância dessa ação: “eu avalio uma ação como essa como 100%, porque o aproveitamento é total, não somente para as crianças, mas também para os pais que acabam interagindo e para todas as pessoas que participam. Na proporção que eles fazem as oficinas de dança e pintura, existe uma chama que se acende porque eles percebem que podem todas as coisas, só basta ter a oportunidade. Só se sabe se consegue quando se experimenta e essa ação fez com eles experimentassem coisas novas”, disse a professora em tom de satisfação.

A professora falou ainda sobre todos os serviços que a instituição oferece às pessoas, segundo ela “a APAE oferece serviços desde atendimentos básicos, que começam com a consulta onde é diagnosticada a deficiência, é realizada uma série de exames e vários outros tratamentos que são necessários como fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional e principalmente: participam da escola Inês Santana”.

Professora Maria de Jesus e alunos Foto Bianka Krause

Professora Maria de Jesus e alunos / Foto: Bianka Krause

A escola Inês Santana trabalha na área da educação. Lá, as crianças têm atendimento acadêmico, médico e artístico e cultural, além de esportes, onde participam de olimpíadas e festivais fora do estado e levam o nome não só da APAE de São Luís, mas também o próprio nome para a sociedade reconhecer o indivíduo portador de necessidades e sensibilizar-se.

Dona Laura, de 64 anos, mãe da pequena Alana, aluna da APAE há cinco anos, relatou o quanto a instituição foi importante para o desenvolvimento físico e psicológico da filha: “ela nem andava direito, não falava, não comia com a própria mão, agora ela come. Ela evoluiu tanto que agora até conversa. Então, ela se desenvolveu bastante e a APAE foi muito importante para isso. O que eu sinto é muita gratidão e sou muito grata também por todas essas pessoas do projeto que estão aqui hoje, porque eu vejo que eles se preocupam com nossas crianças”.  Ela ainda chamou a atenção para a importância de ajudar: “eu peço que as pessoas prestem mais atenção e deem mais valor, porque há muitos pais que precisam, às vezes faltam algumas coisas importantes, falta médico, dentistas... A APAE faz todo o possível para prestar assistência, mas se mais pessoas ajudassem seria mais fácil”, desabafou a dona de casa.

Um dos jovens portador da Síndrome de Down e aluno da escola Inês Santana, Leonardo, disse que o que ele mais gostou no circo foi a dança. Para ele, mais ações assim deveriam acontecer, porque só nesse espaço ele pode ter contato com o que mais ama fazer: dançar.

Aluno da escola Inês Santana Leonardo Foto Walter Sousa

Aluno da escola Inês Santana, Leonardo / Foto: Walter Sousa

A professora Maria de Jesus agradeceu ao Projeto Solidariedade e Paz pela iniciativa e ainda chamou a atenção da sociedade para a importância de ajudar “Tomem para si o exemplo do projeto e juntem-se a nós, sejam seres humanos mais sensíveis, sejam seres humanos melhores. Não seja só uma pessoa, haja com uma pessoa, mostre porque você é humano. Às vezes você está no conforto da sua casa e não lembra que outras pessoas estão passando por privações. Então, ajude os outros, dê o seu melhor”.

Sábado, 01 Abril 2017 02:08

2 EDIÇÃO SOLIDARIEDADE UM SHOW DA VIDA